Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Sinal 5G estará liberado em toda a Paraíba a partir de maio, garante Anatel

De acordo com a Agência, 83 municípios da Paraíba já tem liberação para o sinal 5G e outros 140 ainda aguardam liberação para instalação de transmissores.

Publicado: 19/03/2024

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Paraíba poderá ter internet móvel 5G em todos os municípios a partir do mês de maio, segundo o planejamento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para licenciamento e ativação de estações da tecnologia, que está sendo implantada gradualmente no país desde julho de 2022.

De acordo com a Agência, 83 municípios da Paraíba já tem liberação para o sinal 5G – João Pessoa foi a primeira cidade paraibana a poder contar com a tecnologia. Outras 140 cidades ainda aguardam liberação para que as operadoras de telefonia possam instalar transmissores de sinal.

Nesta segunda-feira (18), a Anatel anunciou a liberação da rede móvel 5G em 395 municípios brasileiros.

Atualmente, são oito estados (AL, AP, DF, PR, RJ, RR, RS, SC e SP) mais o Distrito Federal com todos os municípios liberados para o 5G.

A Anatel já definiu a lista dos municípios a serem liberados para ter a internet 5G nas próximas etapas e outras nove unidades da Federação completarão essa fase:

  • abril/2024: 220 municípios – ao fim dessa etapa, todos os municípios do ES, MA e SE serão liberados para o 5G;
  • maio/2024: 233 municípios – ao fim dessa etapa todos os municípios de PB, RO e TO serão liberados;
  • junho/2024: 171 municípios – ao fim dessa etapa todos os municípios de AC, AM e GO serão liberados.

Modernização

Os donos de aparelhos de televisão que recebem sinal de TV aberta via antena parabólica precisam substituí-las pelas novas parabólicas digitais ou instalar um adaptador para continuar a receber as transmissões. De acordo com o Ministério das Comunicações, em breve, as parabólicas tradicionais vão parar de funcionar, porque a tecnologia 5G, que já está sendo implementada no Brasil, utiliza a mesma faixa da radiofrequência. Para quem tem antena do tipo espinha de peixe, antena digital interna ou TV por assinatura não há necessidade de troca da antena.

As famílias inscritas em programas sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que possuem uma parabólica tradicional instalada e funcionando têm direito à instalação do kit gratuito com a nova parabólica digital. A antena parabólica tradicional precisa estar instalada, conectada à TV e em funcionamento. Para conferir se tem direito, basta acessar aqui ou telefonar para 0800-729-2404.

A nova parabólica digital promete vantagens em relação à tradicional: imagem sem sombras e chuviscos; som com melhor qualidade; mais de 80 canais; canais regionais; programação continua gratuita; antena de tamanho menor; nomes e números de canais passam a ser padronizados; equipamentos modernos e com mais tecnologia.

Portal Correio com informações de Agência Brasil

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS