Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Suplente de vereador diz que a Saúde de Montadas está na UTI, e aponta falhas também na área da agricultura

Segundo ele, todos os dias recebe mensagens de pessoas que estão precisando de algum serviço de Saúde e não conseguem atendimento.

Publicado: 10/06/2023

FOTO: SE LIGA PB

O suplente de vereador de Montadas, Valdez Freire, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na tarde deste sábado (10), disse que a Saúde de Montadas se encontra na UTI, com a população sem assistência devida. Segundo ele, todos os dias recebe mensagens de pessoas que estão precisando de algum serviço e não conseguem atendimento.

“Infelizmente a gente se depara em um caos total. Montadas vive não é nem mais na UTI, já estamos nos encaminhando para o buraco”, afirmou.

O suplente de vereador contou que faltam medicamentos, marcação de cirurgias e exames, consultas, e na maioria das vezes, a população precisa se movimentar por conta própria para conseguir fazer os exames ou procedimentos cirúrgicos.

“Falta de tudo naquela Unidade de Saúde”, destacou.

Ele ainda falou da demora na construção da UBS do Bairro da Consolação, e contou que já se venceu o prazo de entrega da obra, além dos problemas que já estão surgindo.

“Está em passos de tartaruga, até hoje ainda não foi entregue, sem falar nos problemas que já tem vindo, como o lameiro quando chove, porque não tem calçamento, e esgoto a céu aberto”, disse.

Na ocasião, Valdez ainda denunciou problemas na área agricultura, e pontuou que faltam cortes de terra, enquanto tratores estão parados ou são exclusivo para alguns. Ele frisou que faltam incentivos e investimentos para o homem do campo, que sofre sem assistência, e está tendo prejuízos inclusive no Garantia-Safra.

“Está caindo a cada dia o número de agricultores por falta de incentivo. Acabou a nossa agricultura em Montadas por causa dessa gestão”, ressaltou.

Valdez ainda comentou sobre o novo partido que está sendo criado no município, e destacou que a legenda está se organizando para as eleições de 2024. O novo partido é o PT, que vem para fortalecer a oposição na disputa, com candidatos a vereador e até mesmo, se for o caso, candidato a prefeito.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS