Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Suspeito de matar comandante da Guarda Civil do Conde é preso e confessa crime em João Pessoa

Suspeito passou os últimos três dias escondido em casa com uma bala alojada nas costas. Por isso também vai passar por atendimento médico.

Publicado: 22/10/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

Um homem de 19 anos foi preso na manhã deste sábado (22) suspeito de atirar e matar Sérgio Carneiro da Silva, de 39 anos, comandante da Guarda Municipal do Conde. Para a Polícia Civil, o jovem confessou o crime, que aconteceu na noite da quarta-feira (19), orla do Cabo Branco, em João Pessoa.

O jovem foi preso em casa, no bairro Manaíra. Ele passou os últimos três dias escondido na residência com uma bala alojada nas costas. Por isso também vai passar por atendimento médico.

A vítima estava em um carro com uma colega da guarda municipal. O jovem preso e outros dois suspeitos estavam em um carro esperando o momento para roubar algum veículo.

Depois de ouvir o depoimento do suspeito preso, a polícia segue na linha de investigação de latrocínio. Os outros dois suspeitos continuam sendo procurados.

Como o crime aconteceu

O crime aconteceu por volta das 23h, na Avenida Cabo Branco. Sérgio estava voltando para o carro junto com outra pessoa quando notou a dupla se aproximando. A pessoa que estava com o comandante contou aos policiais que Sérgio tentou pegar a arma dele dentro do carro, ao lado da marcha, mas um dos suspeitos percebeu e atirou apenas uma vez.

Mesmo baleado, o comandante ainda atirou pelo menos cinco vezes contra os suspeitos, que não foram atingidos e conseguiram fugir. Em seguida, Sérgio tentou dirigir, mas perdeu os sentidos e bateu em um poste, morrendo no local.

Com g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS