Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

‘Tarado de Santa Rita’ fez mais de 10 vítimas na Paraíba, aponta investigação da Polícia Civil

A Polícia Civil informou que exames de DNA comprovaram que o material genético encontrado em 12 vítimas é compatível com o suspeito preso por estupros.

Publicado: 24/04/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Civil informou que exames de DNA comprovaram que o material genético encontrado em 12 vítimas é compatível com o suspeito preso por estupros. A comparação do material genético do ‘Tarado de Santa Rita’ com o material encontrado em vítimas de estupro ajudou a polícia a elucidar os crimes.  A policia não descarta que outras mulheres também foram vítimas do homem, desta forma, as investigações permanecem.

Um homem de 33 anos suspeito de cometer estupros em série no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa, foi preso, no Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Civil, o investigado estava escondido no município de Canguaretama, na divisa com a Paraíba.

O homem teria violentado as mulheres em terrenos baldios da comunidade do Tibiri, em Santa Rita. Além disso, ele teria invadido as casas de outras vítimas e as rendido. Ele foi identificado através de uma câmeras de segurança após sair da residência de uma das vítimas. O homem cometeu as violências sexuais neste ano utilizando tornozeleira eletrônica. Ao ser flagrado por câmeras de segurança e identificado pelas vítimas, ele rompeu a tornezeleira e ficou foragido.

Fonte: ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS