Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Torcidas e polícia protagonizam show de horrores no Almeidão, com torcedor ferido e bombas, em João Pessoa

Torcidas de Botafogo-PB e Treze deram trabalho para a Polícia Militar. Bombas caseiras e de efeito moral foram lançadas durante a confusão. Tumulto assustou torcedores.

Publicado: 14/03/2024

Foto: Halan Azevedo/ClickPB

Membros de torcidas organizadas de Botafogo-PB e Treze, além de alguns policiais militares, protagonizaram um show de horrores na noite desta quarta-feira (13). No estádio Almeidão, em João Pessoa, as arquibancadas foram palco de brigas, disparos de balas de borracha, bombas caseiras e de efeito moral. Além disso, um torcedor foi agredido por um policial militar.

No Almeidão, em campo, o Botafogo-PB acabou derrotado pelo Treze por 2×0. O resultado, porém, não foi a única tristeza para os botafoguenses. Fora das quatro a coisa desandou entre as torcidas.

Toda a confusão começou antes da bola rolar. Membros de duas torcidas organizadas do Botafogo-PB entraram em confronto e um deles quebrou uma das pernas. Ele foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e socorrido para um hospital da Capital.

Durante a partida, o clima nas arquibancadas era considerado normal. Houve provação entre torcedores das duas equipes, mas sem confusão mais grave. No entanto, o cenário mudou quando um ônibus e uma van de torcedores do Treze chegou enquanto a bola rolava já no segundo tempo.

Esses torcedores do Galo começaram a atirar pedras e bombas para dentro da arquibancada sol. A ação chamou a atenção da Polícia Militar, que tentou intervir na confusão. Membros de torcidas organizadas do Botafogo-PB tentaram sair do estádio para confrontar os trezeanos e o clima piorou, com mais bombas sendo arremessadas de fora para dentro do Almeidão.

No entanto, o fato mais grave aconteceu quando um torcedor, que tentava ver o que estava acontecendo do lado de fora, foi atingido por golpes de cassetete e chute. As agressões foram desferidas por um policial militar. A ação gerou reação de torcedores organizados do Belo.

Eles foram para cima dos policiais e os cercaram. Houve grande tumulto na arquibancada sol. Agredido pelo policial, a vítima foi socorrida por outros torcedores e entregue ao Corpo de Bombeiros. O homem recebeu os primeiros socorros e, consciente, foi levado para um hospital de João Pessoa.

A situação só foi controlada pela Polícia Militar com o uso de balas de borracha e bombas de efeito moral. Torcedores que não tinham ligação com as brigas se assustaram com a confusão. Pais e mãe precisaram proteger os próprios filhos dos efeitos das bombas de efeito moral. Muitos decidiram ir embora do jogo antes do apito final.

Com Halan Azevedo/ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS