Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

VÍDEO | Vereador Rostand Paraíba ataca jornalista Geovanne Santos em sessão da câmara

O clima na Casa esquentou, provocando uma confusão durante a sessão.

Publicado: 12/06/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Desde a última segunda-feira (10), o jornalista Geovanne Santos vem pressionando os vereadores de oposição para que votem as suplementações orçamentárias enviadas pela Prefeitura à Casa de Félix Araújo. Essas suplementações são necessárias para o pagamento da folha dos prestadores de serviços.

A situação ganhou novos contornos na sessão desta quarta-feira (12), quando o vereador da oposição Rostand Paraíba (PP) atacou verbalmente o jornalista, chamando-o de “canalha”. Durante seu discurso inflamado na Câmara de Vereadores de  Campina Grande, Rostand Paraíba afirmou:

“Várias vezes vi ele dentro do carro do Prefeito. O prefeito foi inaugurar uma PSF lá na zona leste, em Nova Brasília, o Wesley Cariri, e ele estava lá bajulando o prefeito. Porque tem jornalismo de verdade na nossa cidade, mas pra mim esse cara das Malvinas é um canalha“, disse o vereador.

Prefeitura consegue liminar no TJPB

Enquanto a Câmara enfrenta impasses para cumprir suas funções, a Prefeitura de  Campina Grande conseguiu uma liminar no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Em decisão favorável à Prefeitura, o TJPB autorizou a realização de suplementações orçamentárias sem a necessidade de aprovação da Câmara Municipal. A decisão liminar, emitida pelo Pleno do Tribunal, acatou os argumentos da Procuradoria do Município, permitindo as suplementações em até 30% do orçamento previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA).

Diversos pedidos de suplementações continuam parados na Casa de Félix Araújo, aguardando a votação pelos parlamentares. A bancada de oposição tem obstruído a votação, levantando uma série de questões.

Essa demora na votação dos projetos impactou negativamente o pagamento dos servidores de algumas secretarias e da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP).

Com a liminar, a Prefeitura ganha fôlego para manter os serviços essenciais e honrar compromissos financeiros, enquanto a Câmara de Vereadores se vê diante do desafio de superar as divergências políticas e voltar a deliberar sobre as matérias pendentes.

Confira vídeo da confusão: https://www.instagram.com/reel/C8H4VemO9Se/?igsh=MTRqM3VzOXc0NmVmdA==

Com Blog do Anderson Souza

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo