Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Acusado de matar gerente de restaurante em shopping vira réu, em João Pessoa

Luiz Carlos Rodrigues dos Santos virou réu deve ir a júri popular pela morte da gerente de um restaurante no Mangabeira Shopping, em João Pessoa.

Publicado: 09/02/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

A Justiça acatou a denúncia e Luiz Carlos Rodrigues dos Santos virou réu pela morte da gerente de um restaurante no Mangabeira Shopping, em João Pessoa. A denúncia realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) acusa o crime por motivação fútil.

Além da motivação torpe, a denúncia aponta os crimes de homicídio, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma. De acordo com informações, o caso vai entrar em fase processual onde serão produzidas as provas mediante contraditório e ampla defesa. O réu também deve ir a júri popular pela morte de Mayara Valéria de Barros Ramalho.

Luiz Carlos teve a prisão convertida em preventiva no dia 13 de janeiro e foi levado para o Presídio do Roger, em João Pessoa.

Entenda o caso

O tiroteio que resultou em uma pessoa ferida, no Mangabeira Shopping, em João Pessoa, no dia 12 de janeiro, teria acontecido pela reprovação do suspeito em um processo seletivo de um restaurante do local.

O alvo principal do suspeito seria o dono de um restaurante, que foi abordado, quando conversava com a gerente da loja, e conseguiu se esquivar do tiro disparado pelo homem.

O tiro não atingiu o dono, mas a gerente, acabou sendo ferida. A mulher chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Após fazer uma vítima de refém, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado e conseguiu convencer o suspeito a se entregar à polícia.

Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS