Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Adolescente de 14 anos espancado por delegado na PB também vai responder a procedimento policial

A informação é do delegado de Itaporanga, Ilamilton Simplício. Até essa segunda-feira (28), apenas o delegado Rodrigo Pinheiro seria alvo de investigação.

Publicado: 29/08/2023

Foto: Divulgação/Ascom Polícia Civil da Paraíba

O adolescente de 14 anos que foi espancado nessa segunda-feira (28) pelo delegado de polícia Rodrigo Pinheiro, em Piancó, no Sertão da Paraíba, também vai responder a um procedimento policial. A informação é do delegado Ilamilton Simplício, da Polícia Civil da Paraíba em Itaporanga, que foi responsável por colher os depoimentos dos envolvidos no caso e atualizou detalhes sobre o caso nesta terça-feira (29).

Ilamilton disse que, em depoimento, Rodrigo Pinheiro acusa o adolescente de agredir a sua filha de 12 anos, que teria ficado com hematomas na cabeça e no rosto. E que sua reação teria sido fruto de um momento de raiva, em que ele teria perdido a razão ao ver sua filha machucada. A estudante também fez exame de corpo de delito na Delegacia Regional de Patos, para onde o caso foi encaminhado.

Todo o problema foi iniciado no início da tarde de segunda-feira (28). Os dois estudantes, que estudam na mesma escola, se envolveram numa confusão na saída das aulas. Depois, ao ficar sabendo do incidente, o pai da menina, que até então era o delegado titular de Piancó, foi até a casa do menino e o espancou, quebrando três dentes da vítima.

No mesmo dia, o delegado-geral da Polícia Civil, André Rabelo, determinou o afastamento de Rodrigo Pinheiro de Piancó e decidiu também pela abertura de duas investigações contra ele. Uma interna, tocada pela corregedoria da Polícia Civil, e outra na esfera criminal.

Por g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo