Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Ex-secretário da Paraíba é responsabilizado em débito solidário de R$ 1,6 milhão

Ex-secretário Aléssio Trindade, junto com o ex-gestor do Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão de Saúde (Insaúde), Nelson Alves, foram alvos do TCE-PB.

Publicado: 10/07/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

O ex-secretário de Educação da Paraíba, Aléssio Trindade, e o ex-gestor do Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão de Saúde (Insaúde), Nelson Alves, foram imputados em débito solidário de R$ 1.641.375,82. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).

A multa é referente a irregularidade da execução do Contrato de Gestão Pactuada nº 061/2017 celebrado entre a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia e o Insaúde. O contrato teve despesas não documentalmente comprovadas.

Na decisão, a Corte concedeu prazo de 60 dias para a devolução voluntária dos recursos, sob pena de notificação ao Ministério Público Comum para cobrança judicial.

Com ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo