Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Ex-secretário de Remígio explica motivos que o levou a renunciar cargo e diz ter sido cobrado pelo prefeito André

De acordo com Ronny, a falta de confiança foi o elemento-chave para a decisão de sair da secretaria.

Publicado: 23/02/2024

FOTO: SE LIGA PB

O ex-secretário de Desenvolvimento Social de Remígio, Ronny Dhayson, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta sexta-feira (23), explicou os motivos de ter renunciado ao cargo e disse ter sido cobrado pelo prefeito André Alves.

Ronny contou que a falta de confiança foi o elemento-chave para a decisão de sair da secretaria, e reiterou que continuará com seu projeto em benefício da população de Remígio. Ele revelou que teve uma conversa franca com o prefeito André Alves, porém, como sua lealdade foi questionada, não poderia continuar.

“Não tenho nada para falar contra o prefeito André, até porque ele me deu todas as oportunidades. Não tem como a gente sair e estar tudo ruim, mas tem como dizer que a realidade era diferente em alguns pontos, não do prefeito que me deu essa abertura, mas de toda a conjuntura de uma gestão. O prefeito André me deu todas as aberturas, mas infelizmente hoje estou decepcionado com o jeito que ele me tratou”, desabafou.

O ex-secretário afirmou que foi cobrado pelo gestor que, segundo ele, estaria sendo influenciado por pessoas de dentro do grupo. Ele ainda enfatizou que jamais agiu contra a gestão de André e que tudo foi muito pesado, já que sempre foi leal e seu comprometimento a todo momento era ressaltado em suas atitudes e trabalho realizado.

Durante a entrevista de Ronny ao programa, o pré-candidato a prefeito de Remígio, Cláudio Régis, fez um convite ao vivo para o ex-secretário integrar seu agrupamento político, e Dhayson, surpreendido pelo convite, prometeu pensar na proposta. Apesar dos desafios, no decorrer de pouco mais de dois anos, Ronny realizou um importante trabalho à frente da pasta, e se destacou pelas iniciativas em prol das famílias carentes do município de Remígio.

O prefeito André Alves tem perdido aliados e ainda não anunciou quem será seu sucessor. As movimentações políticas em Remígio têm se intensificado com a aproximação das eleições de outubro, e promete esquentar ainda mais até o pleito.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS