Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Incêndio em serra do Sertão paraibano pode ter sido causado por ação humana; combate ao fogo já dura uma semana

Mais de 150 bombeiros militares, voluntários, moradores da região e policiais do grupamento aéreo trabalham para combater os focos do incêndio, que já consumiu uma área de 240 hectares.

Publicado: 02/10/2023

Foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros

O incêndio na Serra de Santa Catarina, que fica no município de São José da Lagoa Tapada, no Sertão do estado, pode ter sido provocado por ação humana. A informação foi confirmada, nesta segunda-feira (2), pelo coronel Saulo Laurentino, comandante do 3ª Comando Regional de Bombeiro Militar. A operação de combate ao fogo já dura uma semana.

O coronel falou que mais de 150 bombeiros militares, além de voluntários, moradores da região, policiais do grupamento aéreo e funcionários da Secretaria do Meio Ambiente do Estado, trabalham na força-tarefa para combater os focos do incêndio, que já consumiu uma área de 240 hectares, equivalente a cerca de 240 campos de futebol.

A equipe que trabalha para tentar apagar os focos de incêndio está recebendo apoio logístico de prefeituras da região e o combate está concentrado no ponto mais alto da serra, em uma área de difícil acesso. Esse trabalho é para evitar que o fogo chegue ao Parque da Serra de Santa Catarina.

“Estamos tentando evitar que o fogo chegue ao parque, por isso combatemos um foco que segue resistindo no cume da serra. Até o momento, são poucos os registros de animais mortos por conta do incêndio”, falou o coronel.

Sobre as causas do fogo, o coronel Saulo enfatizou que aguarda a entrega de laudos periciais feitos no domingo (1º), mas evidências encontradas na área da serra apontam para fogo provocado por ação humana.

“Foram encontradas evidências e tudo leva a crer que foi ação humana, não necessariamente intencional. A grande maioria dos incêndios florestais são causados pelo homem, seja na preparação do solo ou na limpeza de terreno com a tentativa de uso controlado do fogo. Vamos agurdar a perícia criminal para poder dar a causa concreta”, disse. 

A estimativa do Corpo de Bombeiros é de que todos os focos de incêndio sejam apagados até o fim desta semana.

Com Halan Azevedo/ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS