Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Laudo aponta que criança de 4 anos teve traumatismo craniano durante briga familiar; pais seguem soltos

A Polícia Civil investiga o caso como “morte suspeita”.

Publicado: 30/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Um laudo médico apontou que a menina Maria Lins, de quatro anos, morta durante uma briga entre a mãe e o padrasto na quarta-feira (29), sofreu traumatismo craniano.

Segundo o diretor-geral do Ortotrauma, Alexandre César, foi constatada uma grande quantidade de sangue na região da cabeça da vítima. Ao chegar no Complexo Hospitalar Tarcísio de Miranda Burity, conhecido como Trauminha de Mangabeira, a criança já estava sem pulso e com as pupilas dilatadas.

“Mesmo assim, iniciamos todo o protocolo de ressuscitação cardiopulmonar. No entanto, houve esse desfecho fatal”, afirmou.

A Polícia Civil investiga o caso como “morte suspeita”. Segundo o pai do padrasto da vítima, o casal tinha um histórico de conflitos, razão pela qual ele mantinha distância. Em depoimento, a mãe alegou que escorregou e caiu sobre a filha enquanto tentava fugir das agressões do marido.

Ambos os envolvidos foram soltos, mas o caso permanece sob investigação.

PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS