Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Lula indica advogada negra para o cargo de ministra substituta do TSE

Edilene Lobo estava na lista enviada pelo STF ao presidente para indicação à cadeira. Indicada tem ligação com o PT de Minas Gerais.

Publicado: 28/06/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, confirmou nessa terça-feira (27) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nomeou a advogada Edilene Lobo para o cargo de ministra substituta da Corte.

O nome de Edilene estava na lista enviada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao presidente Lula para indicação ao cargo. Ela é negra e tem ligação com o PT de Minas Gerais. Com a indicação, caberá ao TSE marcar a data da posse. 

A lista também era formada pelas advogadas Daniela Borges, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da Bahia e Marilda Silveira, que atua na área eleitoral em Brasília. 

De acordo com a Constituição, cabe ao presidente da República nomear os advogados que compõem o tribunal. O TSE é composto por sete ministros, sendo três do Supremo Tribunal Federal (STF), dois do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois advogados com notório saber jurídico, além dos respectivos substitutos. 

Agência Brasil

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS