Parlamentar paraibano está prestes a ser cassado e perder direitos políticos após condenação criminal

O vereador foi acionado judicialmente pelo prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues da Costa, por acusação de calúnia e injúria.

Publicado: 27/04/2022

Foto: Reprodução

O vereador Jeremias, do município de Alhandra, está cada vez mais perto de ser cassado pelos seus pares da Câmara de Vereadores da cidade e perder os seus direitos políticos.

Nessa terça-feira (26), um pedido de liminar do parlamentar-mirim que queria suspender o processo de extinção de seu mandato foi negado pela magistrada Daniere Ferreira de Souza.

A perda dos direitos políticos do vereador Jeremias foi solicitada devido a uma condenação criminal transitada em julgado. O vereador foi acionado judicialmente pelo prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues da Costa, por acusação de calúnia e injúria.

O gestor relatou, na queixa-crime contra Jeremias, que no ano de 2015 foi alvo de agressão verbal e teve sua honra, imagem e reputação agredidas por Jeremias durante exibição de programa de rádio. Jeremias teria chamado o prefeito de “ladrão, ridículo, imbecil e palhaço”.

A suplente do cargo, Regiane dos Santos, já foi comunicada da possível abertura de vaga que poderá assumir.

As informações foram divulgadas pelo jornalista Clilson Jr, no Arapuan Verdade desta quarta-feira (27).

PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS