Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Perícia confirma que bebê jogado em tambor de lixo morreu por asfixia e derruba versão dos pais

Bebê nasceu com 45 centímetros e pesava aproximadamente 2 quilos. O parto aconteceu entre a 34ª e a 35ª semana de gestação.

Publicado: 21/08/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

Laudo pericial confirmou que o bebê jogado em um tambor de lixo em Cabedelo, no mês de março, morreu vítima de asfixia.

O resultado do exame derruba a versão apresentada pelos pais da criança. O casal alegava que a mulher havia sofrido um aborto espontâneo. Eles disseram que ficaram “assustados” com ocorrido e, por isso, decidido jogar o feto no lixo.

No entanto, segundo as informações, não houve aborto. A perícia apontou que o bebê morreu por asfixia. As circunstâncias do sufocamento não foram apontadas.

Ainda conforme o exame, o bebê nasceu com 45 centímetros e pesava aproximadamente 2 quilos. O parto aconteceu entre a 34ª e a 35ª semana de gestação.

O corpo do bebê segue na sede do Instituto de Polícia Científica (IPC). Como não se trata de um natimorto, familiares agora terão que providenciar registro de nascimento, certidão de óbito e sepultamento do corpo.

A Polícia Civil apura o caso.

Com Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS