Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Polícia prende homem acusado de assassinato em Taperoá; crime ocorreu após briga em festa de carnaval

Aldevan Pereira Guedes, de 32 anos, confessou à Polícia Civil que a vítima teria dado um tapa no rosto dele durante uma festa de carnaval em Taperoá.

Publicado: 15/02/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

O homem acusado de assassinar uma pessoa após uma festa de carnaval no município de Taperoá, na manhã de ontem (14), se entregou à polícia. Aldevan Pereira Guedes, de 32 anos, confessou à Polícia Civil que a vítima teria dado um tapa no rosto dele.

“A motivação teria sido porque a vítima acabou dando um tapa no rosto do autuado, que se sentiu ofendido porque segundo ele não se bater no rosto de um homem, e foi até a casa de sua sogra, que fica vizinho à casa da vítima. Ele ficou aguardando e acabou desferindo um tiro na região peitoral com um revólver calibre 38”, detalhou a delegada Mairam Moura, da 23ª delegacia seccional.

A prisão ocorreu por volta das 20h e ontem (14). O tapa ocorreu após o autor e a vítima, José Anderson Amorim Anísio, de 25 anos, se esbarrarem e discutirem na festa de Carnaval.

Segundo informações obtidas pela reportagem, depois do disparo contra José Anderson Amorim Anísio, de 25 anos, o criminoso teria ido tomar café da manhã.

Após a lavratura do flagrante, o preso será conduzido à carceragem da delegacia de Patos, onde será passará por audiência de custódia. Em seguida, após a conversão do flagrante em preventiva, ele deverá ir para o Presídio de Patos.

Com ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS