Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Projeto virtual de ‘cidade do futuro’ na PB é cópia de distrito futurista chinês

Projeto de grupo chinês para ‘cidade internacional’ e porto de R$ 9 trilhões na Paraíba apresenta cópia de projeto para distrito futurista em Shenzhen, na China.

Publicado: 12/12/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

Um grupo chinês apresentou, nesta segunda-feira (11), um projeto para a construção de um porto de águas profundas e de uma cidade futurística em Mataraca, no Litoral Norte da Paraíba. O aporte de investimentos, que teria parceria de investidores internacionais, deve chegar a R$ 9 trilhões. O projeto, contudo, apresenta semelhanças com o de um projeto para um distrito em Shenzhen, na China.

A prefeitura de Mataraca afirmou que desconhece o projeto chinês de Shenzhen, e que no evento realizado nesta segunda (11), houve a assinatura do protocolo de intenções para construção da obra, e que, na ocasião, o grupo chinês não mencionou qualquer similaridade com outro projeto já existente.

Projeto de cidade futurística na PB é idêntico ao de distrito na China

O projeto disponibilizado pelo grupo chinês Brasil CRT para aplicar em Mataraca mostra um projeto utilizado que de forma idêntica o de um distrito na China. A similaridade entre o projeto apresentado para Mataraca e o de Shenzhen são:

  • utilização da mesma roda gigante e formato de carro voador idêntico em ambos os projetos;
  • corpo hídrico idêntico em ambos os projetos, não levando em consideração à geografia natural do município paraibano;
  • centro comercial idêntico, principalmente na disposição das escadas rolantes do futuro local de funcionamento;
  • arranha-céus idênticos nos dois projetos.

Nesta segunda-feira (11), foi assinado um protocolo de intenções para construção da obra, que foi apresentado pelo grupo chinês Brasil CRT, com sede em Minas Gerais.

A implantação do porto e a cidade planejada vai ocupar uma área de 1,1 mil m2 (11 mil hectares).

A região de Mataraca foi escolhida após estudos feitos em outras três áreas da Paraíba: Baía da Traição, Lucena e Pitimbu. A região de Mataraca foi a que apresentou as melhores características marinhas, como profundidade mais perto da costa, de relevo e potencial logístico.

Construção do projeto

Empresários chineses afirmaram que o porto e a cidade futurística deve abrigar uma população de cerca de 250 mil habitantes, mas pode receber 1 milhão de turistas ao mesmo tempo.

A intenção do grupo de investidores é construir o porto de Mataraca em uma praia localizada entre a praia da Barra do Camaratuba e a praia do Guaju. Ele deverá ser edificado no estilo ‘offshore’, ou seja, ‘extra margem’, e não diretamente ligado à terra. No Nordeste, um exemplo desse modelo de área portuária é o porto de Pecém, no Ceará.

Já a cidade internacional de Mataraca contará com unidades residenciais, comerciais, industriais, serviços, lazer, universidades, colégios, porto, hospitais, estádio, ginásios, prédios públicos, clinicas, comércios, shopping, indústrias, meios de transportes modernos, metrô, agricultura, dentre outros benefícios que devem ajudar no crescimento da região do Litoral Norte da Paraíba.

A previsão é que a obra possa gerar mais de 100 mil empregos diretos e indiretos no período de construção, e o porto e a cidade futurística, quando entrar em funcionamento, será impossível mensurar o número de pessoas trabalhando.

O grupo chinês que está à frente do projeto tem expertise em construção de cidades inteligentes, tendo participado de construções de cidades como Dubai, Singapura, no Egito, dentre outras, e pretende implantar a mesma tipologia de negócios noutros estados.

Redação com g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS