Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Secretaria de Saúde de Campina Grande auxilia em transferência de bebê do ISEA para São Paulo via UTI aérea

Desde o seu nascimento, a pequena Ana Vitória esteve internada na UTI Neonatal do ISEA

Publicado: 21/06/2023

A viagem teve uma parada para reabastecimento em Vitória da Conquista/BA, e seguiu com o destino final à base do Campo de Marte, em São Paulo/SP. Esta foi a primeira transferência do ISEA através de UTI aérea, em uma parceria com o Governo do Estado da Paraíba, através do Tratamento Fora do Domicílio – TFD.

Desde o seu nascimento, a pequena Ana Vitória esteve internada na UTI Neonatal do ISEA. Os pais, que são naturais da cidade de Itaporanga, alto sertão do estado, estiveram sempre acompanhando de perto o tratamento da filha na maternidade, que é referência em gestação de alto risco e também no tratamento dos mais diversos casos de recém-nascidos prematuros.
“Minha filha nasceu com uma doença chamada de intestino fechado. Desde o seu nascimento, Ana Vitória já passou por quatro cirurgias. Foi então que fomos avisados que um hospital em São Paulo poderia ajudá-la ainda mais no tratamento de sua doença. Ana vai completar 04 meses no próximo dia 7 de julho e queremos agradecer a toda a equipe médica da UTI Neonatal do ISEA, que realizou um excelente tratamento até o momento, além de fazer todo o encaminhamento, dando também a mim e a minha esposa todas as orientações de como seria esta nova etapa de tratamento de nossa filha em São Paulo e com uma grande fé em DEUS que a nossa filha conseguirá a cura”, disse Francinaldo de Pereira, o pai da bebê.

Telemedicina – O ISEA também já desenvolve um projeto de telemedicina com a Associação Hospitalar Moinhos do Vento (HSMV) pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS).

As equipes do ISEA fazem um trabalho de troca de experiências, avaliação de pacientes e de condutas médicas por meio de um equipamento de transmissão utilizado na UTI Neonatal. O projeto se chama “Qualificação da Assistência em Terapia Intensiva Pediátrica por Telemedicina”.

O que é Tratamento Fora do Domicílio?
O Tratamento Fora de Domicílio (TFD), instituído pela Portaria nº 55 da Secretaria de Assistência à Saúde do Ministério da Saúde, é um instrumento legal que visa garantir pelo Sistema Único de Saúde (SUS) o tratamento médico a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município ou Estados onde moram por ausência ou inexistência do tratamento adequado.
O TFD prevê o deslocamento para tratamento hospitalar, como consultas, cirurgias e ambulatorial, previamente agendado pela unidade executante dos outros estados. Possibilita passagens de ida e volta aos pacientes e acompanhantes, para que possam deslocar-se até o local, garantindo o comparecimento na data agendada pela unidade onde será realizado o tratamento e com retorno garantido à sua cidade de origem. O paciente, e possível acompanhante, conta também com a ajuda de custo com alimentação e hospedagem no período em que estiver em tratamento na unidade.

Codecom

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS