Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Servidores técnicos-administrativos deflagram greve na UFCG

Segundo sindicato, o funcionamento de 30% das atividades essenciais em todos os campi ficou acordado com a reitoria.

Publicado: 13/03/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

Os servidores técnico-administrativos de todos os campi da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) entraram em greve nesta terça-feira (12).

O movimento, organizado pelo Sindicato dos Servidores Técnico-administrativos da Universidade Federal de Campina Grande (SINTESUF/UFCG), está em conformidade com a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação das Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), que deflagrou greve em todo país.

O Comando de Greve dos servidores da UFCG esteve reunido com o reitor da universidade, o professor Antônio Fernandes Filho, na tarde desta segunda-feira (11). Segundo o sindicato, o funcionamento de 30% das atividades essenciais em todos os campi ficou acordado com a reitoria, que considera justo o movimento dos servidores e deixou aberto o diálogo com a representação da categoria.

O sindicato não informou previsão para o término da paralisação.

A greve visa pressionar o Governo Federal para oferecer um reajuste salarial para 2024 e promover melhorias no Plano de Cargos e Carreiras dos Técnicos Administrativos em Educação-PCCTAE. Servidores da UFPB também deflagraram greve nesta segunda-feira (11).

Por g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS