Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

UNINASSAU Campina Grande é recredenciada com nota máxima

Presente desde 2007 na cidade, a Instituição recebeu nota 5 em avaliação do Ministério da Educação

Publicado: 20/02/2024

O UNINASSAU- Centro universitário Maurício de Nassau, de Campina Grande, recebeu a nota máxima (5) em avaliação do Ministério da Educação (MEC). O recredenciamento é parâmetro de avaliação para que os futuros universitários escolham a Instituição mais estruturada e qualificada na hora de fazer o tão sonhado curso superior.

Uma comissão do MEC esteve visitando a Instituição, nos dias 9 e 10 de agosto, para avaliar criteriosamente itens como rotinas administrativas, Infraestrutura, corpo docente, políticas acadêmicas, planejamento, avaliação institucional e outros. O processo de recredenciamento do MEC é feito a cada cinco anos nas Instituições e é um processo obrigatório para funcionamento de uma IES.

Após a divulgação do resultado, o reitor da UNINASSAU Campina Grande, Martins Silva, comemorou e agradeceu a todo o corpo docente e de colaboradores que atuam na unidade. Ele reforçou que a nota máxima é uma vitória conjunta da equipe, que diariamente trabalha para o bom funcionamento da Instituição.

“Da reitoria a portaria, essa vitória é de todos nós. O empenho de todos os coordenadores de curso e professores foi primordial. Quero agradecer ao nosso coordenador acadêmico (Rodrigo Cézar), porque sem a sua liderança com o nosso setor administrativo nada seria possível. Em nome do grupo Ser Educacional agradeço a cada um que diariamente se esforça para oferecer o melhor a nossos estudantes”, enfatizou.

Por sua vez, o coordenador acadêmico da Instituição, Rodrigo Cézar, ressaltou que a nota máxima já era esperada pela sua equipe. “Isso é reconhecimento do nosso trabalho. Em momento algum nós deixamos de entregar o nosso padrão de excelência pra que essa nota viesse. O 5 é o nosso trabalho mês a mês, ano a ano. É tudo que a gente faz como propósito de vida”, acrescentou.

Assessoria

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS