Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Esteticista executada em Assunção teria sido morta a mando da ex-namorada do companheiro; polícia prende três acusados do crime

Desde o início das investigações, os indícios apontavam para execução.

Publicado: 29/11/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

A esteticista Jaidete de Oliveira Correia, de 38 anos, executada no município de Assunção, no mês passado, teria sido morta a mando da ex-namorada do companheiro. Três pessoas foram presas acusadas do crime e, entre elas, está a mulher apontada como a mandante do assassinato.

Desde o início das investigações, os indícios apontavam para execução. Os primeiros levantamentos da Polícia Civil mostraram que Jaidete estava na sala que servia para os atendimentos de estética que ela fazia atendendo a própria irmã quando dois homens chegaram e a chamaram pelo nome. 

Após a vítima confirmar que a pessoa procurada era ela, um dos suspeitos a rendeu e levou para o banheiro. Lá, ele efetuou um tiro na cabeça de Jaidete. A existência de uma terceira pessoa também já era analisada.

O fato aconteceu no dia 23 de outubro. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Com Nice Almeida/ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS