Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Justiça cumpre mandado contra seminarista acusado de usar computador do seminário para pedofilia, na Paraíba

O Seminário Arquidiocesano da Paraíba emitiu uma nota sobre o caso.

Publicado: 06/12/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

A Justiça do Rio Grande do Sul determinou que fosse cumprindo um mandado de busca e apreensão contra um seminarista da Arquidiocese da Paraíba suspeito de pedofilia.

O mandado está sendo cumprido no Seminário Arquidiocesano, no bairro Castelo Branco, em João Pessoa.

De acordo as informações,  o seminarista estaria usando um computador do Seminário Arquidiocesano para compartilhar imagens de pedofilia pela internet.

O Seminário Arquidiocesano da Paraíba emitiu uma nota sobre o caso. Confira nota abaixo:

NOTA

O Seminário Arquidiocesano da Paraíba, considerando as matérias veiculadas nos meios de comunicação, esclarece que, na manhã de hoje, dia 06 de dezembro, foi cumprido um mandado de busca e apreensão, em sua sede, de equipamentos eletrônicos de propriedade particular de um dos seus residentes seminaristas. Apesar de, na ocasião não ter sido detectado nenhuma materialidade delitiva, os equipamentos foram encaminhados à perícia e a coordenação do Seminário, pondo-se em plena colaboração com a justiça, acompanhará as investigações que têm seu curso no Rio Grande do Sul.

A Coordenação

Com Portal Paraíba

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS