Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Polícia Federal realiza operação na Paraíba contra irregularidades em empresa de seguro de veículos

Trata-se de operação 'seguro pirata', que tem como objetivo investigar irregularidades no oferecimento de serviço de proteção veicular.

Publicado: 27/06/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (26) mais uma operação na Paraíba. Trata-se da operação ‘seguro pirata’, que tem como objetivo investigar irregularidades no oferecimento de serviço de proteção veicular. No total foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão na Paraíba e em Pernambuco. Na Paraíba, os mandados foram cumpridos no bairro do Catolé, em Campina Grande. 

Em Pernambuco, a PF esteve nos municípios de Caruaru, São Caetano e Cachoeirinha. De acordo com o órgão, dados apontam para uma movimentação financeira de ao menos R$ 9 milhões de reais em cinco anos. Os investigados teriam constituído associações civis voltada ao oferecimento de seguro comercial utilizando o subterfúgio de se tratar de proteção veicular violando as exigências legais. 

Ainda como forma de mascarar a participação na direção da empresa, utilizaram laranja e criaram empresas que prestariam serviços terceirizados como forma de distribuir os lucros para os sócios ocultos. A empresa possui, segundo a PF, aproximadamente oito mil clientes distribuídos entre os Estados da Paraíba e Pernambuco.

Os investigados responderão pelos crimes de gestão fraudulenta de instituição financeira por equiparação, omissão de elemento exigido pela legislação e organização criminosa podendo ser condenados em até 27 anos de prisão.

O nome da operação faz referência ao caráter clandestino da atuação de empresas que oferece seguro sem autorização junto a Superintendência de Seguros Privados – SUSEP.

Com ClickPB/Joaquim Neto

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS