POCINHOS: vereador responde ida de Pauliano para oposição: “Daqui a seis meses ele poderá está de volta”

O vereador de Pocinhos Ramatis Chaves (PTB), “O Memel”, ironizou a ida do vereador Pauliano Lamec (PSDB) para o grupo de oposição

13 de agosto de 2019   

Ramatis Chaves (PTB). Reprodução redes sociais

O vereador de Pocinhos Ramatis Chaves (PTB), “O Memel”, ironizou a ida do vereador Pauliano Lamec (PSDB) para o grupo de oposição, liderado na cidade pelo presidente da Assembleia Legislativa (AL), o deputado Adriano Galdino (PSB).

De acordo com Memel, a população da cidade já conhece o histórico político de Pauliano e ninguém se assuste se ele estiver de volta nos próximos seis meses. “Todo mundo conhece o histórico político do vereador Pauliano Lamec. Ele coleciona idas e voltas e ninguém se assuste se ele estiver de voltar nos próximos seis meses”, ironizou.

O vereador Memel, que é irmão do prefeito Cláudio Chaves (PTB), também respondeu as críticas que a administração municipal teria “beneficiado” uma cunhada da vereadora Mônica de Beto (PSB), recém chegada. “Por isso que eu chamo esse povo de hipócrita. Agora, Adriano Galdino usando sua força política e a assembleia como cabide de emprego abocanhou um vereador”, enfatiza.

“Essa foi a segunda vez que ele aderiu, não me enganou, enganou ao seu povo, que o reelegeu do nosso lado. Já lá, não sei se seria”, completou.

GRANDE ACORDO!

Reprodução redes sociais

A chegada de Pauliano no grupo de Galdino, em Pocinhos, foi anunciada pelas redes sociais, na tarde desta terça-feira, dia 13.

 Redação