Veneziano fala sobre os desdobramentos da CPI do MEC, e diz que defende a criação da comissão de investigação

“Não poderíamos deixar de colocar as nossas assinaturas para que o requerimento ao ser protocolizado pudesse instalar uma comissão parlamentar que tem instrumentos e meios de aprofundar as investigações”, disse.

Publicado: 30/06/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

O vice-presidente do Senado e pré-candidato ao Governo do Estado, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), em uma participação no Programa Se Liga PB, na manhã desta quinta-feira (30), falou sobre os desdobramentos em Brasília com relação a CPI do MEC, e disse que não podia ser indiferentes a questão diante dos últimos acontecimentos envolvendo a prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, e que juntamente com a senadora Nilda Gondim, defende a criação da CPI.

“Nós defendemos a CPI do MEC, tanto eu quanto a senadora Nilda Gondim. Não poderíamos deixar de colocar as nossas assinaturas para que o requerimento ao ser protocolizado pudesse instalar uma comissão parlamentar que tem instrumentos e meios de aprofundar as investigações”, disse.

O senador pontuou que o aprofundamento nas investigações é necessário e a CPI pode colaborar para a apuração dos fatos. Ele contou que foram recolhidas 29 assinaturas, que já foram protocolizadas, e que agora é aguardar a decisão do presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco, para saber as determinações de instalação da CPI do MEC.

“O aguardo agora é pela decisão do senador Rodrigo Pacheco. ”, explicou.

O vice-presidente do Senado ainda relembrou a CPI da Covid, que durante seis meses investigou desvios de recursos na aquisição de vacinas, tráfico de influências e corrupção no Ministério da Saúde.

“Se a CPI não funcionasse, se ela não tivesse sido instalada, e com isso a cobertura jornalística, a sociedade brasileira não teria tomado conhecimento. Isso fez com que o país tomasse conhecimento, soubesse dos desmandos e horrores que ocorreram durante o período inicial da Covid”, relembrou.

Na ocasião Veneziano ainda comentou sobre os recursos destinados  a aquisição de um Acelerador Linear para o Hospital da FAP, e falou que o valor já se encontra na conta do Hospital, podendo beneficiar pacientes de 148 cidades quando instalado.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS